O Inoxidável Chico Pio dia 27 no Dragão do Mar

Chico Pio e Amigos

No próximo dia 27 de março, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura promove o show de mais um grande talento da música nordestina: Francisco Pio Napoleão, mais conhecido como Chico Pio. Feliz de ser parnaibano, foi no Ceará que ele deu início à sua carreira, ao lado de grandes nomes da terra.

O show Chico Pio e Amigos será uma comemoração dos 62 anos desse artista que começou cedo na música. “Minha mãe costumava dizer que já nasci cantando. Aos cinco anos comecei a compor”, diz Chico. A apresentação de 1 hora e meia, voz e violão, terá no repertório 15 músicas cuidadosamente selecionadas para fazer uma retrospectiva de sua história musical. O músico também interpretará títulos de artistas como Fagner, Belchior e Ednardo, com quem Chico também já tocou no início da carreira.

O artista faz suspense, mas adianta que o público poderá ser surpreendido com algumas participações especiais no show, afinal, o premiado músico firmou importantes parcerias ao longo da carreira. Nomes como Fausto Nilo, Totonho Laprovitera, Stélio Valle, Alano Freitas, Nertan Moreno, Dunga Odakan, Régis e Rogério figuram entre os parceiros. “O show é, antes de tudo, uma celebração da amizade e das parcerias tão importantes na minha trajetória”, afirma.

Uma de suas músicas, “Forrobodó”, virou sucesso na voz de Zé Ramalho. Chico também tem músicas gravadas por Lúcio Ricardo e Paulo Rossglow (“Sorvete”) e Ângela Linhares (“Água”). Já se apresentou ao lado de Ivan Lins e Lucinha Lins, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Maurício Tapajós e Carmen Costa, no Teatro Casagrande, Rio de Janeiro.

Prêmios e Festivais

Em 1977, recebeu o seu primeiro prêmio, ganhando o 1º lugar no Festival Universitário do Rio de Janeiro. Em 1980, ao lado de Hamilton Melo, venceu o Crédimus da Canção, em Fortaleza, com “Silêncio”. Neste mesmo ano, Chico venceu o Festival BNB.

Em 1981, foi destaque no Rádio Jornal O Povo. Também foi destaque nos Festivais Chama (Crato, 1994) e Verão Musical (Camocim, nos anos 1989, 1991, 1992 e 1999). Em 1996, interpretou “Amor agreste”, composição de Luciano Cléver, e sagrou-se vitorioso no Festival Canta Nordeste.

Dia 27, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia).

Contato Chico Pio: (85) 8788.72